• Cirurgia
  • Por Victor Pochat
  • 28 de maio de 2018
  • 1
  • 0

A rinoplastia é uma das cirurgias plásticas mais comuns do mundo. Por estar situado no centro do rosto o nariz é grande responsável pela beleza e harmonização facial. Ele tem diferentes formatos que variam bastante de acordo com a etnia e hereditariedade. Levando em conta essas características e os critérios de proporção e simetria é que o paciente e o cirurgião podem definir um novo formato para o nariz.

O ângulo entre o nariz e os lábios deve ser em torno de 95° graus para homens e 105° graus para mulheres. Além disso, a largura das narinas deve ser equivalente à distância entre os cantos médios das pálpebras.

A rinoplastia é indicada geralmente após os 15 anos quando o nariz já estará com as estruturas formadas e um tamanho mais definido. A rinoplastia é feita geralmente com anestesia geral, permitindo mais segurança e conforto para médico e paciente.

O método preferido na cirurgia de nariz é a incisão aberta, pois aumenta o campo de visão e precisão das correções. Ela é feita através da columela, faixa estreita de tecido que separa as narinas. Através destas incisões, os tecidos moles que cobrem o nariz são cuidadosamente levantados, permitindo o acesso para remodelar a estrutura do nariz. Uma vez que a estrutura subjacente do nariz é esculpida na forma desejada, a pele e o tecido nasal são acomodados e as incisões fechadas. Trata-se da rinoplastia estruturada.

A rinoplastia, contudo, não é feita apenas por motivos estéticos: ela também guarda uma função reparadora, sendo importante na correção de defeitos funcionais, desobstrução da respiração, melhorando a qualidade de vida do paciente. Em todo o caso, ao final, é colocado um curativo termomoldável (um gesso moderno), e curativo com micropore para apoiar e proteger as novas estruturas.

O paciente deve manter esse curativo por uma semana. No pós-operatório também é comum a ocorrência de edemas e sangramentos no primeiro mês, e é muito importante evitar atividades que causem trauma, ter bastante repouso, se alimentar de maneira adequada e se proteger do sol. Quando indicado, o tampão pode ser removido precocemente (antes da alta) na maioria dos pacientes.

A vista de perfil é visível já depois de 15 dias; enquanto a vista de frente exige mais paciência devido ao inchaço.

Fazer Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp chat